Book Name:Karamaat e Farooq e Azam رضی اللہ تعالیٰ عنہ

Sayyidunā Fārūq-e-A’am (رَضِیَ الـلّٰـهُ تَعَالٰی عَـنْهُمَا), مَـعَـاذَ الـلّٰـه عَزَّوَجَلَّ devido a suas más companhias ele também abusou dos dois iluminados e abençoados, Sayyidunā iddīq-e-Akbar e Sayyidunā Fārūq-e-A’am (رَضِیَ الـلّٰـهُ تَعَالٰی عَـنْهُمَا).’ Sayyidunā Abul uayb Bashīr
عَـلَـيْـهِ رَحْـمَةُ الـلّٰـهِ الۡـقَـدِیۡـر disse ainda: Ouvindo isto, implorei arrependimento e pedi perdão e disse-me: ‘Ó homem malvado! Certamente você merece esse tormento grave. Mas diga-me como você está vivo após a morte.’ Então ele começou a dizendo, ‘Minhas boas acções não me beneficiaram. Devido à falta de respeito aos companheiros abençoados رَضِىَ الـلّٰـهُ تَعَالٰی عَـنْهُم, fui arrastado para o inferno depois da morte e meu domicílio não foi mostrado para mim e me disseram: ‘Agora você vai ser vivificado novamente para que poça informar seus amigos heréticos sobre o seu fim atormentador e dizer-lhes quão doloroso é o castigo que pessoa que possui inimizade com servos virtuosos de Allah merecerão na outra vida. Quando terminar de dizer-lhes sobre si mesmo, vai ser novamente jogado na sua residência real (Inferno).’ Assim que me foi dada a vida novamente para dizer isso para que os blasfemadores dos companheiros do Profeta pudessem obter advertência de que isso não aconteça e absterem-se de suas blasfémias; caso contrário, a pessoa que vai cometer blasfémia contra esses luminares abençoados sofrerão um final ruim como a minha.’

Depois de dizer isso novamente ele morreu. Enquanto isso, a sepultura tinha sido preparado para o enterro e a mortalha tinha sido arranjada, mas eu disse: ‘Eu não vou levar a cabo os



Total Pages: 53

Go To